Janelas inteligentes captam energia solar e mudam a opacidade


Cada vez mais, cientistas trabalham para criar novas maneiras de captar energia limpa através de construções sustentáveis, afinal, trata-se de uma iniciativa importante para diminuir os impactos causados pelo homem ao meio ambiente. Alguns produtos inovadores já estão surgindo, como é o caso das janelas inteligentes, que são capazes de mudar sua opacidade de acordo com os raios solares.

Criações modernas e inovadoras como estas estimulam pesquisadores a continuarem buscando novas ideias para este mercado. Recentemente, uma equipe de engenheiros da Universidade Alemã Friedrich-Schiller desenvolveu uma construção que promete revolucionar o mercado: a janela que, além de mudar sua opacidade, também tem capacidade de captar energia dos raios solares. Segundo os pesquisadores alemães, estas janelas são muito mais funcionais, pois conta com o design da Linha de Fluidos Wide-Area - LaWin, tecnologia que utiliza uma suspensão fluida de partículas de ferro. Esse fluido está contido dentro da janela em uma série de longos canais verticais, o que permite que a janela altere a opacidade, além de absorver e distribuir o calor no ambiente. Uma das principais vantagens da janela inteligente é a economia, pois a luminosidade do ambiente é controlada por meio de um interruptor que arrasta as nano partículas fluidas do ferro, deixando a janela totalmente transparente. Outro benefício da janela é que, além de captar a luz do sol e transformar em energia, elas suportam sistemas de ar-condicionado interno, com isso, é possível resfriar o ambiente utilizando a energia que é gerada pelas janelas! A instalação das janelas inteligentes é parecida com o processo de criação de vidros duplos e triplos. Para fazer uso das janelas inteligentes, é preciso integrar os painéis LaWin aos vidros, e este processo é considerado fácil, pois a produção dos vidros já é feita com tecnologia avançada para isso. Residências e prédios comerciais que escolherem fazer uso das janelas inteligentes terão uma grande economia, pois estarão reduzindo gastos com contas de luz e sistemas de refrigeração. No entanto, ainda vai levar algum tempo para que casas e prédios sejam construídos utilizando as janelas inteligentes, já que o produto só será comercializado a partir de 2019.


Posts Em Destaque